Skip to main content Skip to search
12 de Janeiro: Dia do empresário contábil

12 de Janeiro: Dia do empresário contábil: 4 motivos que tornam o profissional essencial

O profissional contábil se mostrou cada vez mais necessário em época de crise e pandemia.

Dia 12 de janeiro é celebrado o dia do empresário contábil. A data foi instituída em março de 2011, com a Lei nº 12.387, criada pelo deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP).

Atualmente, existem mais de 500 mil profissionais registrados e ativos nos Conselhos Regionais de Contabilidade.

Um empresário contábil tem como habilidades, a busca incansável por qualificação, o acompanhamento de atualizações e a capacidade de orientar e solucionar problemas. Além disso, a profissão é responsável por empreender, gerar empregos e renda, deixando uma grande contribuição na sociedade.

Entenda a importância da data em 4 pontos.

Entende as mudanças recentes na legislação contábil

Um ponto central para a retomada das empresas é o entendimento inequívoco das alterações das leis contábeis. Isso se aplica às esferas federal, estadual e municipal. Em todas elas, cabe ao contador se atualizar e repassar as informações relevantes e aplicáveis ao nicho de mercado de cada cliente. Embora pareça simples, o processo envolve máxima atenção e pensamento estratégico.

Na prática, houve anúncios de adiamento das datas de vencimentos dos mais variados tributos. Mesmo para aqueles que foram mantidos, a tolerância para eventuais atrasos foi estendida. Se, ainda assim, ficar inviável pagar algum débito tributário, basta recorrer às opções de parcelamento, também oferecidas por estados e municípios. Vale mencionar, também, a extensão da validade de certidões negativas de débito.

A grande questão é que, em meio às dificuldades da pandemia Covid-19, os donos de empresas não têm tempo ou cabeça para lidar com tudo isso sozinhos. Essa, inclusive, já era uma realidade anterior, a qual foi intensificada pela quarentena e por suas consequências.

Então, mais do que nunca, o contador deve estar ao lado da empresa para evitar gastos desnecessários. Com esse parceiro, a organização saberá exatamente o que pode prorrogar, aliviando o já comprometido fluxo de caixa.

Identifica as dores do cliente

Também é verdade que a pandemia não atingiu todas as organizações da mesma forma. Na verdade, nem é possível afirmar que todos os negócios foram acometidos de maneira negativa. O crescimento das empresas que vão na contramão da crise deixa isso bem evidente. Aquelas que operam no comércio eletrônico ou que trabalham com vendas de cursos online são ótimos exemplos.

Assim, a real situação das empresas tende a variar de uma para outra. Cabe ao contador, antes de qualquer coisa, verificar quais são os problemas individuais de seus clientes. Só assim poderá propor uma solução customizada e perfeitamente sincronizada com a recuperação econômica de um negócio.

Consultoria voltada à gestão de crises

Quanto mais experiência o contador tiver no mercado, mais apto a propor soluções criativas e efetivas ele será. Para acertar na hora de mensurar as dores do cliente, é imprescindível conhecer o nicho de atuação de cada um. Em seguida, basta analisar as particularidades do negócio.

A fim de prestar uma consultoria realmente capaz de agregar valor ao negócio de um cliente, é necessário se situar. Afinal, nós ainda estamos no meio de um processo de retomada que pode levar algum tempo até ser finalizado. Atualmente, o cliente espera que ele seja orientado com relação a como gerir uma crise financeira de um modo adequado e satisfatório.

Suporte e fonte segura de informações

Se as dúvidas contábeis resolvessem-se após uma rápida pesquisa na internet, boa parte das dificuldades vivenciadas diariamente por milhares de empresas desapareceria. Na prática, a área contábil é extremamente complexa, ao ponto de um mero erro causar um rombo financeiro em um médio e longo prazo.

Diante disso, as empresas esperam que os contadores ofereçam suporte pleno às dúvidas técnicas relacionadas à contabilidade do negócio. Elas sabem que o especialista está ali como um parceiro, pronto para efetuar todo e qualquer ajuste necessário. Para tanto, o contador precisa saber exatamente os recursos legais, como a elisão fiscal, que favorecem o desenvolvimento financeiro do negócio.

Os gestores empresariais carregam consigo a responsabilidade diária de uma série de deliberações decisivas para a continuidade das atividades das organizações. Felizmente, a presença de um contador competente e bem-informado disponibiliza dados determinantes para o aprimoramento das tomadas de decisão.

Como você pôde ver, a contabilidade é muito mais relevante para o planejamento estratégico de uma empresa do que se imagina. Em tempos de pandemia Covid-19, caracterizada pela revisão de muitos processos, os planos de metas e objetivos também foram adaptados. Felizmente, tudo fica mais fácil com o auxílio indispensável de um contador ciente de seu papel preponderante para a recuperação das empresas.

 

 

Fonte: Portal Contábil

 

 

Romanini Contabilidade – Consultoria e Assessoria – Pessoa Física e Jurídica
Entre em contato conosco pelo tel.: 11 3991 9517 ou através do nosso Formulário de Contato

 

 

 

Fale algo…