Skip to main content Skip to search
Qual a diferença entre impostos federais, estaduais e municipais?

Qual a diferença entre impostos federais, estaduais e municipais?

Entenda quais são os impostos federais, estaduais e municipais e para onde a verba é direcionada.

 

Durante nossas vidas, nos deparamos com diversos impostos a serem pagos. Independente de ser pessoa física ou jurídica, as cobranças são realizadas em diversos valores.

Entre os mais conhecidos, estão o IPVA e o IPTU. Ao todo, são 92 tipos de taxas, de acordo com o Portal Tributário. Eles se referem às cobranças obrigatórias e podem ser realizados de forma direta ou indireta. Confira as diferenças entre os tipos de impostos.

Diferenças entre os impostos

Há três tipos existentes: federais, estaduais e municipais. Os federais arrecadam em torno de 60% do valor total. Estes estão inclusos o IOF, II, IPI, IRPF, IRPJ, Cofins, PIS / Pasep, CSLL, INSS.

Os estaduais ocupam 28% da arrecadações totais, como o ICMS, IPVA, ITCMD. Por último, os municipais captam 5,5% do total nacional, tal como o IPTU, ISS, ITBI.

Federal

O objetivo da coleta federal é de custear os gastos do Estado, para manter o funcionamento. A maior parte dos impostos existentes possuem a cobertura nacional da taxa.

  • II: Imposto sobre Importação, para mercadorias trazidas do exterior.
  • IOF: Imposto sobre Operações Financeiras, sobre financiamentos, empréstimos, ações e operações financeiras
  • IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados, cobrado da indústria
  • IRPF: Imposto de Renda Pessoa Física, com relação à renda do cidadão
  • IRPJ: Imposto de Renda Pessoa Jurídica, sobre o CNPJs
  • Cofins: Contribuição para Financiamento da Seguridade Social, das empresas
  • PIS: Programa de Integração Social, com objetivo de financiamento de alguns benefícios
  • CSLL: Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, sobre o período base
  • INSS: Instituto Nacional do Seguro Social, que garante proteção aos cidadãos

Estadual

Voltados ao Governo Estadual, com o objetivo de gerar financiamentos e investimentos em todo o estado.

  • ICMS: Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, na movimentação das mercadorias em geral
  • IPVA: Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, como forma de legalizar a circulação dos veículos
  • ITCMD: Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação, sobre o repasse de bem

Municipal

Focados na manutenção da administração em determinado município, como forma de oferecer as obrigações públicas aos moradores.

  • IPTU: Imposto sobre a propriedade Predial e Territorial Urbana, para propriedades com construção em meio urbano
  • ISS: Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza, destinados aos cofres públicos
  • ITBI: Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, em transferência imobiliária

 

 

 

 

Fonte: Jornal Contábil 

 

 

Romanini Contabilidade – Consultoria e Assessoria – Pessoa Física e Jurídica
Entre em contato conosco pelo tel.: 11 3991 9517 ou através do nosso Formulário de Contato

 

 

 

Fale algo…